27 de agosto de 2012

por cá

As pessoas que já não me viam há um ano continuam a dizer que eu tenho cara de menina, que pareço ter, no máximo, 18 anos, quando tenho 22 e eu continuo a não achar grande graça. A miúda que andou ao meu colo na piscina do prédio enquanto aprendia a nadar e a cantar-me as músicas da Floribela, já tem 10 anos, agora brinca com as amigas (até porque eu já não aguento horas seguidas dentro de água como antes) e passa numa correria com os óculos de mergulho já postos atirando-me um doce "Olá, Alexandra". A que tem 16, é mais alta do que eu (há uns 2 anos) e passa a noite a comentar a roupa de toda a gente que passa por nós. Sinto-me velha apesar dos meus aparentes 18 anos.

1 comentário:

Ana disse...

Tenho 26, também há quem me dê 18.

:)